quarta-feira, 25 de março de 2009

Consulta

A consulta correu bem! Fomos atendidos pela Dra. CJ, já que não era dia da consulta do Dr. DM. Estava tudo estável, mas tivemos algumas novidades:

  • O ferro passa de 20 para 30 gotas/dia (hemoglobina de 10,8)
  • Pára o RoValcyte, tal como prometido pelo Dr. DM
  • O Bactrim reduz para 5 ml/dia (antes era 8,4 ml... desde há 1 ano!!)

Media 111 cm e de resto estava tudo muito bem.

  • Ureia 39
  • Creatinina 0,62
  • Tacrolimus 5,8

Encontrámos o amigo Miguel do HDE, que começou agora a preparar o seu transplante. Força Miguel, gostámos de te ver!

O nosso Miguel levou uns "rins" miniatura para oferecer à equipa do HSC, só que tratou logo de aviar 2 só para ele (foi para ajudar à dieta das enfermeiras...)...


E só voltamos a 11 de Maio!! U-a-u!!

1º ANIVERSÁRIO!


Não há nada que possa escrever hoje que não tenha já escrito nos outros "mesários". A única palavra que encontro para descrever este transplante é "bênção"! Tem sido, realmente uma bênção ter tido um ano inteirinho praticamente sem intercorrências, cheio de energia e confiança para o futuro. Sempre pensei que o primeiro ano após o transplante fosse complicado, e acredito que o seja para outras pessoas, mas o nosso não poderia ter sido melhor em termos de saúde.

Também foi agridoce, mas por outras razões. No mesmo dia em que recebemos "o telefonema", tínhamos perdido um tio muito querido (será que foi ao céu encomendar este rim especial?). Também perdemos o Dr. Pina, em quem confiávamos a 100%, e que estou segura que foi determinante para que tudo esteja a correr tão bem ao fim de um ano. No mês passado também perdemos o bisavô do Miguel, que sempre demonstrou muita preocupação e interesse pela situação do Miguel. E, embora de outra forma, também me lembro sempre do dador. Não o conhecia, apenas sei o sexo e a idade e talvez saiba a região onde vivia, pois sei de que hospital veio o rim. Mas para além disso, só consigo imaginar o vazio que terá deixado na sua família e amigos e a falta que lhes faz todos os dias, a morte prematura que teve e, quem sabe, a forma enérgica e intensa com que eventualmente jogava futebol (ninguém me tira da cabeça que o dador deste rim jogava futebol, nem que fosse só por hobby!).

Mas, como não podemos mudar o passado, continuamos a agradecer o presente (que rico presente!) e a olhar para o futuro com confiança e optimismo!


PARABÉNS RIM! PARABÉNS MIGUEL!

segunda-feira, 2 de março de 2009

Consulta

Hoje fomos surpreendidos logo de manhã, quando chegámos às análises e a senhora nos informou que tínhamos sido dispensados da consulta da Enfermeira, mas que tínhamos que ir fazer um electrocardiograma e um raio-x. As análises correram bem, mesmo sem emla. O meu rapaz é um valente!!

O electrocardiograma foi pacífico e super-rápido. Quando fomos fazer o raio-x, a senhora "convidou-me" a sair, para evitar as radiações. Fiquei surpreendida, pois sempre fiquei com o Miguel nos exames radiológicos, usando um avental para me proteger. Mas como o Miguel não se afligiu, lá saí, mas fiquei expectante.... Foi rápido e, quando acabou, a técnica só lhe dizia "Tu és fantástico, portaste-te muito bem!!!" Fiquei muito orgulhosa.

À tarde tivemos consulta com o Dr. DM. Explicou-me que estes exames fazem parte da rotina anual. Perguntei-lhe se não seria conveniente fazer uma ecografia renal, mas respondeu-me que estava tudo tão bem, que não havia necessidade.
  • Creatinina: 0,6
  • Ureia: 32
  • Hemoglobina: 11,2
  • Tacrolimus: 5,5

Mantêm-se todos os medicamentos e voltamos.... no dia do aniversário do transplante!!!

P.S. No domingo tivemos alguns contratempos na colheita da urina de 24h e acabámos por não levar. Disse isso ao Dr. DM, que disse para.... esquecermos a urina de 24h e passarmos a fazer só.......... 1x por ano!!!! A enfermeira ficou de boca aberta!